É hora da revisão: saiba mais sobre 7 itens principais

Realizar a revisão é muito importante

A revisão periódica da sua motocicleta é essencial. Muitos pilotos não dão a devida importância a esse procedimento, porém, deixar de realizá-lo é um dos fatores que pode resultar em surpresas indesejáveis no meio do caminho e até em um acidente de trânsito.

Com o tempo e a utilização, os componentes e as peças vão se desgastando, não importando se a moto é de um modelo novo ou mais antigo. Muitas pessoas sabem que alguns itens devem ser inspecionados e/ou substituídos depois de certo período, como a troca de óleo para garantir a durabilidade do motor ou a troca dos pneus.

Continue lendo esse artigo para saber mais e entender a necessidade e a importância de monitorar cada um deles com frequência.

  • Óleo

Como citado anteriormente, o óleo afeta a durabilidade do motor. Por isso, é importante prestar atenção neste componente mesmo utilizando o produto indicado pelo fabricante da motocicleta.

O óleo pode ter suas características originais alteradas ao sofrer variações de temperatura devidas ao uso constante. Além de verificar o nível e a validade, o período para troca do óleo pode variar entre 1.000 e 10.000 km rodados de acordo com o modelo da moto.

  • Pneus

Pneus com rasgos, furos, rachas, desgastes e qualquer outro tipo de dano ou alteração, comprometem a segurança do piloto. O ideal é que os pneus sejam verificados diariamente todas as vezes que for sair com seu veículo.

Outro ponto importante é a calibragem que garante a melhora da dirigibilidade e aumenta a vida útil dos pneus. A calibragem deve ser realizada de acordo com as especificações contidas no manual do fabricante.

Essas verificações podem e devem ser feitas pelo motociclista, mas de qualquer forma, também serão realizadas pelo mecânico na hora da revisão.

  • Freios

Acidentes causados por falha dos freios são bem comuns, infelizmente. Mas felizmente, podem ser evitados na maior parte das vezes com a revisão desse componente.

Durante o procedimento, irão verificar a necessidade da substituição das pastilhas de freio, a regulagem e a lubrificação de seus cabos.

  • Relação

O conjunto de relação é formado pela coroa, corrente e pinhão que sofrem grande atrito devido ao movimento do veículo e estão expostos a agressões resultantes da sujeira.

Mesmo com a corrente visível, muitos pilotos negligenciam a necessidade de mantê-la nas melhores condições possíveis e não percebe a hora de substituí-la ou de realizar algum reparo. É essencial garantir a lubrificação correta da corrente, para garantir que o ela, o pinhão e a coroa tenham uma vida útil extensa.

  • Carburador

Normalmente, será realizada a limpeza da peça para retirar os resíduos provenientes de impurezas do combustível.

Mas alguns casos apresentam sinais podem destacar a necessidade da realização de ajustes na entrada de ar ou combustível. Mesmo não sendo tão frequente, isso pode aumentar o consumo de combustível da motocicleta e a perda da potência.

  • Sistema elétrico

A revisão do sistema elétrico é feita para garantir que todas as luzes e os instrumentos do painel estão funcionando corretamente.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), conduzir veículos com defeitos no sistema de iluminação, de sinalização ou lâmpadas queimadas é uma infração média e resulta em multa.

  • Vela de ignição

Esse componente é responsável por produzir a faísca que faz o motor ligar e ao ficar gasta, aumenta o consume de combustível e a emissão de poluentes. Por isso, é importantíssimo ficar atento às instruções do fabricante e o diagnóstico que seu mecânico fizer.

A revisão de uma motocicleta não é cara e nem complicada, porém, deve ser realizada periodicamente por um profissional habilitado a fim de garantir que sua máquina funcione perfeitamente e que você tenha sempre a melhor experiência de pilotagem.

Maria julia

Maria julia

Deixe seu comentário