Como evitar que o cansaço interrompa sua viagem de forma desastrosa

Confira dicas para evitar que o cansaço estrague sua viagem.

Para os amantes de motociclismo, a sensação causada pela pilotagem é extremamente prazerosa e indescritível, o que torna fácil perder a noção do tempo quando se está pilotando. Porém, quando o cansaço aparece, ele é implacável.

A fadiga e o sono são apontados como os responsáveis por 60% dos acidentes nas estradas, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (ABRAMET). Como é impossível que os profissionais encarregados do trânsito controlem a condição dos motoristas e motociclistas, cabe a cada um utilizar o bom senso para não passar dos limites e garantir que o cansaço não estrague uma viagem que pode ser inesquecível.

Separamos algumas atitudes simples para que você possa aproveitar ao máximo, não comprometer a sua segurança (nem a dos outros) e levar apenas boas memórias da sua viagem.

  • Planeje

Durante o planejamento da rota, preste atenção também nas paradas que irá realizar no trajeto. Não estabeleça metas de distância irreais.

Se a viagem for em grupo ou a dois, lembre-se que pessoas diferentes possuem limites diferentes. Então, as paradas devem ser planejadas considerando o membro* mais vulnerável entre todos e isso não deve ser motivo de vergonha: esse “detalhe” garante a segurança de todos os envolvidos.

Faça paradas a cada 1 hora e meia ou duas horas. Aproveite esse tempo para ir ao banheiro, se hidratar e esticar o corpo, fazendo alguns alongamentos.

*Assim como a situação do piloto, o cansaço da pessoa na garupa também deve ser levado em consideração.

  • Descanse

É comum que os envolvidos possam estar ansiosos e cheios de expectativa com a viagem que se aproxima, mas a noite anterior ao dia de pegar a estrada deve ser muito bem dormida. Um sono de qualidade é um fator importantíssimo para a disposição e concentração durante o dia seguinte.

Também é importante estabelecer um horário racional para saída. Caso o piloto não for uma das pessoas que já começam o dia totalmente dispostos mesmo sendo 5 da manhã e não seja necessário sair bem cedinho, não existe uma razão para desperdiçar boas horas de sono.

  • Hidrate-se

A exposição ao vento causa desidratação, que por sua vez, pode resultar em tontura, lentidão nas habilidades motoras corporais e confusão mental, expondo o motociclista à diversos riscos.

Embora bebidas com açúcar e cafeína possam dar um gás a mais, esse efeito é momentâneo e resultará em ainda mais cansaço depois que passar. Por isso, beba bastante água.

  • Alimentação

Alimentos ricos em carboidratos, açúcar e gordura, assim como grandes porções, exigem bastante energia durante a digestão e deixarão seu corpo mais lento. Escolha fazer refeições menores e mais frequentes.

Você tem alguma outra dica? Converse com outros apaixonados por motos e deixe nos comentários. Aproveite sua próxima viagem para colocar esses novos conhecimentos em prática!

Maria julia

Maria julia

Deixe seu comentário

Atenção

Feriado 25 de janeiro

25/01/2020

No próximo feriado (25) as unidades da Mooca e Tatuapé não terão expediente.

Apenas a unidade de Guarulhos abrirá normalmente. 

Agradecemos a compreensão